PATROCINADORES

STF determina prisão imediata de deputado federal

A 1ª Turma do STF, por maioria dos votos, acolheu pedido da PGR e determinou a execução imediata da pena imposta ao deputado federal João Rodrigues (PSD-SC). Ele foi condenado na segunda instância a cinco anos e três meses de prisão – em regime inicial semiaberto – por dispensa irregular de licitação, quando ocupou o cargo de prefeito de Pinhalzinho (SC). Caberá à Polícia Federal cumprir a decisão.

Por que é importante

O julgamento foi marcado pela manifestação do ministro Alexandre de Moraes, a favor da execução provisória da pena após o fim dos recursos na segunda instância da Justiça

Quem ganha

O senso de justiça

Quem perde

Políticos com condenação em segunda instância

Compartilhe

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Pergunte para a

Mônica.

©2017-2020 Money Report. Todos os direitos reservados. Money Report preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe.