Document
PATROCINADORES
PATROCINADORES

STF decide enviar casos relacionados a caixa 2 para Justiça Eleitoral

Em votação apertada, o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu nesta quinta-feira (14), por 6 votos a 5, enviar investigações sobre caixa 2 relacionadas a outros crimes (como corrupção e lavagem de dinheiro) para a Justiça Eleitoral. Os ministros Gilmar Mendes, Ricardo Lewandowski, Marco Aurélio Mello, Alexandre de Moraes, Celso de Mello e o presidente da Corte, Dias Toffoli, votaram a favor do envio. Cármen Lúcia, Luís Roberto Barroso, Rosa Weber, Edson Fachin e Luiz Fux foram a favor de dividir os processos com a justiça comum, como vinha sendo feito. O STF julgou a questão através de um inquérito envolvendo o ex-prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, e o deputado federal Pedro Paulo (DEM-RJ), investigados por caixa 2, lavagem de dinheiro, corrupção e evasão de divisas. Com a decisão, ambos serão julgados pela Justiça Eleitoral.

Por que é importante

A decisão do Supremo impõe uma derrota severa à Lava Jato, que começou em 2014

Quem ganha

Políticos que não serão mais investigados pela justiça comum

Quem perde

A Lava Jato e o Ministério Público. Na opinião dos integrantes da força-tarefa, a Justiça Eleitoral não tem estrutura para avaliar todos os casos em uma velocidade satisfatória

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.

©2017-2020 Money Report. Todos os direitos reservados. Money Report preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe.