Document
PATROCINADORES

Silveira volta à prisão por violar uso da tornozeleira

O deputado Daniel Silveira (PSL-RJ) (imagem) foi preso novamente nesta quinta-feira (24), a pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR). O parlamentar violou 36 vezes o monitoramento por tornozeleira eletrônica, que ficou até 5 horas sem emitir sinal para a Polícia Federal (PF), como determina a Justiça.

A defesa também informou ao Supremo Tribunal Federal (STF) na quarta-feira (23) que o parlamentar se recusa a pagar os R$ 100 mil de fiança impostos pelo ministro Alexandre de Moraes, após a comprovação das violações da tornozeleira, já que Silveira não teria conseguido reunir o valor no prazo de 48 horas, conforme os termos da prisão domiciliar.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.