Document
PATROCINADORES

Daniel Silveira vira réu por ataque a ministros do STF

O plenário do STF, por 11 votos a 0, aceitou nesta quarta-feira (28) a denúncia contra o deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ) apresentada pela Procuradoria-Geral da República (PGR). O parlamentar agora vira réu pela prática de agressões verbais e ameaça aos ministros da Corte. Ele também é acusado de incitar o emprego de violência para tentar impedir o livre exercício das atividades do Legislativo e do Judiciário e a animosidade entre as Forças Armadas e o Supremo. Por determinação do ministro Alexandre de Moraes, Silveira chegou a ser preso de forma preventiva em 16 de fevereiro após a publicação de um vídeo em que fazia referência a agressões físicas contra integrantes do STF e fazia apologia ao AI-5 – ato que aumentou a repressão durante a ditadura militar no Brasil. O deputado atualmente está em prisão domiciliar e enfrenta um processo no Conselho de Ética da Câmara, que pode provocar a cassação de seu mandato.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Uma resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.