Document
PATROCINADORES

Rodrigo Maia engavetou 48 pedidos de impeachment

Segundo o jornal O Globo, na coluna de Lauro Jardim, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, já engavetou 48 pedidos de impeachment do presidente Jair Bolsonaro. É prerrogativa do cargo escolher o que entra em pauta ou não — e esses pedidos foram devidamente esquecidos por Maia.

Mas o senador Veneziano Vital do Rêgo quer mudar esse ritual. Ele apresentou um projeto para alterar a lei que rege o processo de impeachment, datada de 1950. O projeto de Rêgo delimita um prazo de dez dias para que o presidente da Câmara decida o que fazer com os pedidos de impedimento e prevê que o plenário possa apresentar recurso em caso de arquivamento. Hoje, os requerimentos de impeachment podem mofar indefinidamente nas gavetas, sem que haja necessidade de justificativas por parte da presidência da Câmara.

Por que é importante

Se a lei mudar, o Congresso passa a ser ainda mais sacudido pelas crises políticas, pois os pedidos de impeachment seriam discutidos publicamente

Quem ganha

A Oposição, que poderá criar oportunidades para minar o governo Bolsonaro

Quem perde

Rodrigo Maia, que teria seu cacife diminuído, e o governo, que teria uma preocupação a mais

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.