PATROCINADORES

Renan Calheiros avalia como “esclarecedor” depoimento de ex-ministro da Saúde

O relator da CPI da Pandemia, senador Renan Calheiros (MDB-AL), se mostrou satisfeito com o depoimento prestado nesta terça-feira (4) pelo ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta. À coluna da Mônica Bergamo, na Folha de S. Paulo, Renan indicou que Mandetta listou informações importantes sobre a conduta do presidente Jair Bolsonaro no enfrentamento à crise sanitária. “O depoimento mostrou que houve aconselhamento paralelo, adoção da cloroquina ao arrepio do ministério, participação de Carlos Bolsonaro (vereador do Rio de Janeiro e filho do presidente) em reuniões e alerta sobre 180 mil mortes”, escreveu em mensagem, destacando o aviso do ex-ministro ao presidente, de que os óbitos poderiam chegar a esse número. “Bolsonaro divergiu das orientações científicas, no isolamento e na cloroquina. Foi um depoimento importante na minha opinião para clarear exatamente o que ocorreu naquele momento inicial da pandemia”, acrescentou o senador. “Também é relevante a informação de que Mandetta viu um decreto para mudar a bula e recomendar a cloroquina”, completou.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Uma resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

17 − quinze =

Pergunte para a

Mônica.