Document
PATROCINADORES

Receita Federal e PF apuram acesso ilegal a dados de Bolsonaro

A Receita acionou a Polícia Federal (PF), nesta sexta-feira (6), para investigar um acesso ilegal às informações financeiras do presidente Jair Bolsonaro e de membros da sua família, feito por integrantes do órgão. Um dos servidores que acessou as informações de Bolsonaro foi Odilon Ayub Alves, que trabalha em Cachoeiro do Itapemirim (ES) e teve que prestar depoimento à PF, sendo liberado na sequência. A Receita já havia sido alvo de uma polêmica semelhante em fevereiro, quando Gilmar Mendes, ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), viu seus dados sigilosos serem vazados.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.