Pesquisar
PATROCINADORES
PATROCINADORES

Receita de bolo algorítmico desandado

A receita abaixo foi retirada do site Bolo Gostoso:
“Um bolo simples fofinho e quentinho com uma xícara de café pode ser tudo o que você precisa numa tarde chuvosa. E essa aqui é a receita que pode dar isso para você. Essa receita é bem simples e não leva muitos ingredientes. A massa branca pode ser usada com recheios de diferentes sabores e irá combinar com todos, já que não tem nenhum sabor dominante mais forte. Há quem diga que a massa branca é “sem graça”, mas se você quiser, pode incrementar o bolo com alguma cobertura de brigadeiro, beijinho, leite condensado para dar mais sabor e deixar o bolo ainda mais molhadinho. Com bastante cuidado e pré-aquecendo o forno antes de colocar ele para assar, você consegue evitar que o bolo sole. Confira como fazer essa receita de bolo simples, também conhecido como bolo de farinha de trigo. Ele cai muito bem com um café quentinho!”

Ingredientes
  • açúcar2 xícaras (chá) de açúcar
  • farinha de trigo3 xícaras (chá) de farinha de trigo
  • margarina4 colheres (sopa) de margarina
  • ovo3 ovos
  • leite1 e 1/2 xícara (chá) de leite
  • fermento em pó químico1 colher (sopa) bem cheia de fermento em pó


Modo de preparo (
  1. Bata as claras em neve e reserve.
  2. Misture as gemas, a margarina e o açúcar até obter uma massa homogênea.
  3. Acrescente o leite e a farinha de trigo aos poucos, sem parar de bater.
  4. Por último, adicione as claras em neve e o fermento.
  5. Despeje a massa em uma forma grande de furo central untada e enfarinhada.
  6. Asse em forno médio 180 °C, preaquecido, por aproximadamente 40 minutos ou ao furar o bolo com um garfo, este saia limpo.

A justificativa

As repetidas censuras injustificadas e sem explicações sobre meras notas de cobertura política e econômica na rede social Facebook obrigam MONEY REPORT a, sem nenhum saudosismo, publicar uma prosaica receita de bolo. Repetimos a alternativa jocosa adotada pelo finado Jornal da Tarde, que entre setembro de 1972 e 3 de janeiro de 1975, publicou receitas no lugar de material jornalístico censurado pela ditadura – no Estadão eram trechos de “Os Lusíadas”, de Luís de Camões.

O caso

Optamos por ir na mesma linha depois que uma prosaica matéria noticiada por toda a imprensa nacional ser banida nesta quarta-feira (26) com a seguinte mensagem: “Removemos parte de seu conteúdo. Entenda”. O link levava para uma justificativa tão vaga quanto: “Violações dos Padrões da Comunidade“. A seguir, outro link permitia ao usuário apresentar um arremedo de justificativa (inexiste a opção que indique um erro da plataforma), como “não era intenção” ou que não se trataria de um spam ou de conteúdo religioso. Ao final do formulário, um aviso que o caso seria analisado e que uma resposta seria dada em alguns dias. Antes, foram derrubados três artigos que tratavam de temas de interesse público:

O conteúdo retirado do ar

O que trás curiosidade é que esta mesma cobertura segue livre em outros veículos dentro da rede social, assim como há alguns dias, foi livremente veiculado por MONEY REPORT. Nas páginas do portal nas demais redes, a reportagem segue no ar, sem que ninguém diga que violamos regra alguma apenas por informarmos o público em geral de maneira imparcial.

Compartilhe

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.

[monica]
Pesquisar

©2017-2020 Money Report. Todos os direitos reservados. Money Report preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe.