Document
PATROCINADORES

Receita acusa Lula de sonegação em reformas de tríplex e sítio

O ex-presidente Lula foi considerado sonegador de impostos pela Receita Federal. Em em conluio com empreiteiros, ele teria tentado ocultar rendimentos com o objetivo de fraudar o Fisco, aponta uma reportagem do portal Veja.com na noite de quinta-feira (9).

A acusação está em um processo de execução fiscal que tramita na 2ª Vara da Justiça Federal, em São Bernardo do Campo (SP). Veja teve acesso aos documentos. A Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional cobra do petista uma dívida de R$ 1,25 milhão referente a impostos que deixaram de ser recolhidos. De acordo com a Receita, Lula omitiu em suas declarações de renda os recursos que recebeu de duas empreiteiras para executar reformas no tríplex do Guarujá e no sítio de Atibaia, imóveis que o condenaram nas investigações da Lava-Jato em Curitiba. A ação foi impetrada em junho de 2021, 5 dias após a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que livrou o petista dos processos. Os auditores concluíram que o tríplex pertencia ao ex-presidente, Lula nega.

O ex-secretário da Receita, Everardo Maciel, explicou que a decisão do Supremo anulou as sentenças que o condenaram por corrupção, mas não interferiria nas eventuais ações de cobranças de dívidas fiscais.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.