PATROCINADORES

Quem é Ricardo Nunes, que assume o comando da maior cidade do país

Eleito vice-prefeito em 2020 na chapa com Bruno Covas (PSDB), Ricardo Nunes (MDB) irá assumir definitivamente a prefeitura de São Paulo com a morte do tucano, aos 41 anos, em razão de um câncer no sistema digestivo. Antes de chegar ao comando da maior cidade brasileira, Nunes foi vereador por dois mandatos na capital paulista e é ligado a associação de empresários e líderes comunitários da Zona Sul, além de setores da Igreja Católica. Na Câmara Municipal, ele integrou a base petista, na gestão de Fernando Haddad, mas depois passou a apoiar as administrações tucanas de João Doria, que saiu para disputar o governo do estado, e Covas. Ricardo Nunes foi indicado a vice na eleição municipal do ano passado dentro das articulações de Doria para aproximar PSDB e MDB – de olho na corrida presidencial de 2022. A presença dele na chapa com Bruno Covas foi alvo de intensas críticas, principalmente por um suposto envolvimento no caso conhecido como máfia das creches e por relatos de violência doméstica. Mesmo negando as denúncias, ele teve presença tímida na campanha e se recusou a participar de sabatinas e debates.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.