Document
PATROCINADORES

Procurador não vê motivos para pedir prisão de Lula

O procurador regional da República Mauricio Gotardo Gerum, que atuará no julgamento do recurso do ex-presidente Lula no TRF-4, não vê motivos para pedir a prisão do petista, informou o Ministério Público Federal em nota nesta quinta-feira (18). “O MPF esclarece que o procurador regional da República Mauricio Gotardo Gerum não formalizou, e não vê razões para formalizar, qualquer pedido em relação à prisão cautelar do ex-presidente, que é um dos réus que será julgado no próximo dia 24 de janeiro, pela 8ª Turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região”, disse o MPF.

Por que é importante

Lula terá julgado um recurso apresentado pela defesa contra condenação a nove anos e seis meses de prisão imposta pelo juiz Sérgio Moro por corrupção e lavagem de dinheiro no caso envolvendo um apartamento tríplex no Guarujá, litoral de São Paulo

Quem ganha

Lula. O procurador esclareceu ainda que, em caso de condenação dos réus da referida ação penal, qualquer medida relativa ao cumprimento de pena seguirá o normal andamento da execução penal, não havendo razões para precipitá-la

Quem perde

Movimentos contrários ao PT, que querem a imediata execução da pena caso o TRF-4 confirme a condenação do ex-presidente

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.