PATROCINADORES

“Prevaleceu o bom senso”, diz Moro sobre fim do motim de PMs no Ceará

Após 13 dias, terminou no domingo (1) o motim de policiais militares no Ceará. O grupo aceitou a proposta apresentada por uma comissão especial formada pela Assembleia Legislativa, Ministério Público, Tribunal de Justiça e a OAB do estado. O acordo prevê, entre outras coisas, investimentos na corporação e revisão dos salários, mas não inclui a anistia dos envolvidos. No Twitter, o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, repercutiu o assunto.

“Recebo com satisfação a notícia sobre o fim da greve dos policiais no Ceará. O governo federal esteve presente, desde o início, e fez tudo o que era possível dentro dos limites legais e do respeito à autonomia do Estado. Prevaleceu o bom senso, sem radicalismos. Parabéns a todos”, escreveu Moro.

Desde o início do movimento grevista, cerca de 200 pessoas foram assassinadas no Ceará. Também durante a mobilização, o senador Cid Gomes (PDT) acabou baleado ao investir com uma retroescavadeira contra PMs que bloqueavam a entrada de um batalhão em Sobral.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.