PATROCINADORES

Porto Alegre em clima de guerra para o julgamento de Lula

Atiradores de elite, aeronaves monitorando o espaço aéreo e embarcações das forças de segurança no Rio Guaíba, nas imediações do tribunal. É nesse clima de guerra que estará Porto Alegre no dia 24, quando o Tribunal Federal da 4ª Região julgará o recurso do ex-presidente Lula, condenado a nove anos e meio de prisão no caso do triplex no Guarujá. Segundo Cezar Schirmer, secretário de Segurança Pública do Rio Grande do Sul, esse é o “efetivo necessário” para evitar confrontos pró e contra o ex-presidente em torno do tribunal.

Por que é importante

Se o recurso foi rejeitado por 3 a 0, diminuem as chances de Lula concorrer à eleição em outubro. Resultado por 2 a 1 abre espaço para questionamentos da defesa. Por isso o julgamento tem provocado tanta expectativa

Quem ganha

Lideranças oportunistas. O julgamento de Lula tem potencial para confusões. Mas destacar aviões e embarcações passa a impressão de exagero que serve apenas para autopromoção de autoridades locais

Quem perde

Gleisi Hoffmann. A presidente do PT disse há alguns dias que, para prender Lula, "vai ter que matar gente" (sic)

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

10 + onze =

Pergunte para a

Mônica.