Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
Scroll to top

Top

Nenhum comentário

Por 69 votos a 0, Alerj aprova novo afastamento de Witzel

Por 69 votos a 0, Alerj aprova novo afastamento de Witzel

Já afastado do governo do Rio de Janeiro por determinação do Superior Tribunal de Justiça, Wilson Witzel (PSC) sofreu uma derrota avassaladora na Assembleia do Rio de Janeiro (Alerj). Por 69 votos a 0, os deputados aprovaram na noite de quarta-feira (23) o relatório que pede o impeachment de Witzel por irregularidades em contratos na área da Saúde durante o enfrentamento à pandemia do novo coronavírus. Agora um Tribunal Misto será formado para ouvir as alegações dos envolvidos no caso e concluir em até 180 dias se houve crime de responsabilidade por parte do governador. Ele permanecerá fora do cargo no período – mesmo que consiga uma liminar para derrubar a decisão anterior do STJ. O colegiado será composto por cinco deputados e cinco desembargadores, sendo comandado pelo presidente do Tribunal de Justiça do Rio. Na sessão que definiu o novo afastamento, Witzel desistiu de fazer a sua defesa pessoalmente. Por videoconferência, o governador alegou inocência e chamou o processo de “injusto”. “Tenho a convicção de que jamais cometi um ato ilícito”, afirmou.

Envie seu comentário

5 + 16 =