PATROCINADORES

PGR terá 15 dias para decidir se denuncia Temer

O ministro Edson Fachin, do STF, deu 15 dias de prazo para a Procuradoria-Geral da República se manifestar sobre o indiciamento do presidente Michel Temer (MDB) pela Polícia Federal. O relatório da PF indica que Temer recebeu propina da Odebrecht por meio de intermediários. Caberá à PGR decidir se oferece denúncia contra o presidente no caso.

Por que é importante

O presidente Temer pode ser afastado do cargo se a PGR oferecer a denúncia e a Câmara dos Deputados autorizar que o processo siga adiante

Quem ganha

A instabilidade política nos últimos meses do governo do emedebista

Quem perde

Temer. Ele é alvo de outras duas denúncias, que serão retomadas assim que ele deixar o Palácio do Planalto

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

15 − 1 =

Pergunte para a

Mônica.