PATROCINADORES

PGR arquiva seis pedidos de investigação contra Bolsonaro

Bolsonaro

A Procuradoria-Geral da República (PGR) enviou ao STF os pareceres de seis representações que pediam a abertura de investigação criminal contra o presidente Jair Bolsonaro por descumprimento de medida sanitária durante a pandemia do novo coronavírus, como a presença dele nas manifestações que ocorreram em 15 de março. Ao Supremo, a PGR informou que as petições foram arquivadas e apontou a impossibilidade de imputar a Bolsonaro o crime porque não havia na época uma ordem dessa natureza vigorando nem notícia de prescrição, por ato médico, de medida de isolamento para o presidente. “À data dos fatos não havia restrição imposta pelas autoridades sanitárias federais a eventos e atividades a fim de evitar a propagação do coronavírus”, esclareceu a PGR. “É que descartada a suspeita de contaminação do representado (Bolsonaro), seu comportamento não poderia causar perigo de lesão ao bem jurídico protegido, na medida em que a realização do tipo penal depende fundamentalmente da prova de que o autor do fato está infectado”, reforçou a procuradoria.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Uma resposta

  1. A verdade é que a esquerda quer derrubar Bolsonaro a todo custo. O interesse da esquerda canalha não é na saúde do povo, ou então, Lula teria construído hospitais ao invés de estádios de futebol monumentais; o interesse da esquerdalha é só voltar ao poder. E a mídia vendida não noticia as boas medidas que Bolsonaro tomou na crise do coronavírus. Vejam :

    http://amarretadoazarao.blogspot.com/2020/04/o-duro-de-matar-jair-bolsonaro.html

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.