Document
PATROCINADORES

PF diz que Rodrigo Maia cometeu crime de corrupção e lavagem de dinheiro

A Polícia Federal concluiu, no âmbito das investigações da Lava-Jato, que o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), cometeu os crimes de corrupção passiva, lavagem de dinheiro e “caixa três”. De acordo com a PF, Maia teria recebido R$ 350 mil nas eleições de 2010 e 2014. O presidente da Câmara e o pai dele, o ex-prefeito do Rio de Janeiro Cesar Maia, teriam praticado crime eleitoral conhecido como “Caixa 3”. A modalidade é um financiamento irregular de campanha, que acontece quando uma empresa faz doações por meio de uma terceira e, assim, seu nome não aparece. No caso de Maia, os valores foram cedidos pela cervejaria Petrópolis, mas o verdadeiro doador era o Grupo Odebrecht.

Por que é importante

Mais um desdobramento da Operação Lava-Jato que revela ganho de valores ilícitos através de campanhas eleitorais.

Quem ganha

A população, ao saber a origem do dinheiro de campanhas.

Quem perde

Rodrigo Maia, que terá que se defender das acusações.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.