Document
PATROCINADORES

Para Marco Aurélio, condenações podem ser anuladas

O ministro Marco Aurélio Mello, do STF, afirmou que a decisão do STF sobre a competência da Justiça Eleitoral para investigar casos de corrupção quando envolverem simultaneamente caixa 2 e outros crimes comuns, como lavagem de dinheiro, pode levar à anulação das sentenças já proferidas. Na avaliação do ministro, que foi um dos votos a favor da medida, os atos processuais, como buscas e apreensões realizadas pela Justiça Federal, poderão ser aproveitadas pela Justiça Eleitoral. No entanto, os demais atos decisórios devem ser descartados. “A instrução processual é aproveitada pela jurisdição eleitoral. Agora, decisões proferidas por órgão incompetente sob ângulo material, se tem a incompetência absoluta e esses atos decisórios não subsistem”, disse.

Por que é importante

Com a decisão do STF, os processos contra políticos investigados na Lava Jato e outras apurações que envolvam simultaneamente caixa 2 e outros crimes comuns deverão ser enviados da Justiça Federal, onde tramitam atualmente, para a Justiça Eleitoral

Quem ganha

Políticos condenados pela Justiça Federal por crimes eleitorais, que poderão ter as sentenças revistas

Quem perde

A Lava Jato, que sofreu uma severa derrota

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.