PATROCINADORES

Presidente do Senado classifica pedido de impeachment de Barroso como revanchismo

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG) (imagem), não pretende pautar pedidos de impeachment contra o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luís Roberto Barroso. Tal medida seria uma aberta retaliação à decisão que determinou a abertura da CPI da Pandemia. Pacheco afirmou que a abertura de processo para a destituição de alguém de um cargo não pode ser banalizada. “A CPI tem uma lógica completamente diferente. Apura fatos tidos por ilícitos. A responsabilidade por omissões do governo federal face ao enfrentamento da pandemia, notadamente face ao que aconteceu em Manaus”, explicou Pacheco ao site do Valor Econômico nesta terça-feira (13).

Compartilhe

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Pergunte para a

Mônica.

©2017-2020 Money Report. Todos os direitos reservados. Money Report preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe.