Document
PATROCINADORES

OMS aprova uso emergencial da Covaxin

A Organização Mundial da Saúde (OMS) aprovou nesta quarta-feira (3) o uso emergencial da Covaxin, a vacina indiana da Bharat Biotech contra a covid-19. De acordo com a OMS, a Covaxin é recomendada para maiores de 18 anos, com um intervalo entre doses de quatro semanas. O imunizante não é recomendado para grávidas e não está em uso no Brasil.

A aprovação da OMS é um pré-requisito para a inclusão do inoculante na lista da Covax Facility, aliança global criada para impulsionar o desenvolvimento e a distribuição das vacinas para nações de baixa renda. O aval da entidade facilitará a aprovação por outros países.

Agora a OMS conta com sete vacinas aprovadas para uso emergencial: Pfizer/BioNTech, Covishield/Oxford/AstraZeneca, Janssen/J&J, Sinovac/CoronaVac, Moderna, Sinopharm/China Biotec e Covaxin/Bharat Biotech. As quatro primeiras são usadas no Brasil. “Esta lista de uso emergencial expande a disponibilidade de vacinas, as ferramentas médicas mais eficazes que dispomos para acabar com a pandemia”, disse Mariângela Simão, subdiretora geral da OMS.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.