Document
PATROCINADORES

OAB recomenda que Moro e Dallagnol peçam afastamento

O Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) se manifestou nesta segunda-feira (10) sobre os diálogos entre o ex-juiz e atual ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, e o procurador Deltan Dallagnol, da força-tarefa da Operação Lava-Jato, vazados pelo site The Intercept. A OAB classificou as conversas como “preocupantes” e recomendou que Moro e Deltan “peçam afastamento dos cargos públicos que ocupam, especialmente para que as investigações corram sem qualquer suspeita”. “É preciso, antes de tudo, prudência. A íntegra dos documentos deve ser analisada para que, somente após o devido processo legal – com todo o plexo de direitos fundamentais que lhe é inerente –, seja formado juízo definitivo de valor”, diz a nota da entidade.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.