PATROCINADORES

“O petróleo é nosso” e a birra de Bolsonaro com o home office de Castello Branco

Nem mesmo o tombo da bolsa brasileira (B3) e o derretimento das ações da Petrobras nesta segunda-feira (22) reduziram o ímpeto intervencionista do presidente Jair Bolsonaro. Em vídeo divulgado nas redes sociais, Bolsonaro voltou a questionar os motivos para os seguidos reajustes nos combustíveis anunciados pela empresa. “O petróleo é nosso? Ou é de um pequeno grupo no Brasil?”, disse a apoiadores. “É sinal que alguns do mercado financeiro estão muito felizes com a política que só tem um viés na Petrobras, atender os interesses de alguns grupos do Brasil”, enfatizou ao criticar a política de preços da companhia. Bolsonaro desancou até mesmo o fato de o presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, estar trabalhando remotamente em razão da pandemia do novo coronavírus. “Está há 11 meses de casa, sem trabalhar. Trabalha de forma remota. O chefe tem que estar na frente, bem como seus diretores. Isso para mim é inadmissível. Descobri isso faz poucas semanas.”

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 × 5 =

Pergunte para a

Mônica.