PATROCINADORES

O perfil buscado por Bolsonaro para substituir Mandetta

A demissão de Luiz Henrique Mandetta do Ministério da Saúde ainda não foi confirmada, mas o presidente Jair Bolsonaro começa a receber nesta quinta-feira (16) no Palácio do Planalto os possíveis sucessores. O primeiro da lista é o oncologista Nelson Teich, que na campanha eleitoral de 2018 atuou como consultor informal da área de saúde de Bolsonaro. Segundo o jornal Folha de S. Paulo, a princípio, o presidente abriu mão de nomear alguém que, no enfrentamento à pandemia do novo coronavírus, fosse alinhado com ele na defesa do “isolamento vertical” e no uso da cloroquina na fase inicial da doença. Em conversa com auxiliares, Bolsonaro sinalizou que pretende aceitar um nome técnico e até tenha divergências nas ações, desde que não adote posição de confronto ou o desautorize em público.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.