Document
PATROCINADORES

Novas cepas do coronavírus em São Paulo, afirma Butantan

Três novas variantes do novo coronavírus foram confirmadas no estado de São Paulo pelo Instituto Butantan nesta terça-feira (27). As cepas foram encontradas na Baixada Santista e nas cidades paulistas de Itapecerica da Serra e Jardinópolis. Em Itapecerica da Serra, foi confirmada a presença da variante B.1.318, encontrada na Suíça e no Reino Unido. Na Baixada Santista foi encontrada a variante sul-africana B.1.351, identificada anteriormente na cidade de Sorocaba. E em Jardinópolis foi encontrada a N9, uma mutação da variante amazônica P1, já observada em vários estados brasileiros. O Butantan explicou que a variante sul-africana é a que mais preocupa. As outras duas são, por enquanto, variantes de interesse, ou seja, elas são monitoradas com atenção, mas não indicam, ainda, um possível agravamento da pandemia.

Variantes de atenção

De acordo com a Secretaria da Saúde, três variantes são consideradas atualmente de atenção devido às evidências globais de aumento de transmissão ou agravamento, a P1 (Manaus), a B.1.1.7 (do Reino Unido) e a B.1.351 (que surgiu primeiramente na África do Sul).

Segundo a secretaria, 114 casos dessas três variantes foram confirmados no estado paulista até segunda-feira (26), sendo 102 deles da P1.

  • Treze casos da variante de Manaus (P1) foram notificados na capital. Houve casos registrados também nas cidades de Araraquara (12), Andradina (1),  Araçatuba (3), Avanhandava (2), Bauru (3), Birigui (4), Biritiba Mirim (1), Bocaina (1), Cajamar (1), Diadema (3), Dois Córregos (1),  Dracena (1), Espírito Santo do Pinhal (1), Fernandópolis (1), General Salgado (1), Guapiara (2), Icem (1), Ipiguá (1), Ituverava (1), Jaú (10), Lençóis Paulista (4), Lins (3), Martinópolis (1), Matão (3), Mauá (4), Mococa (4), Orlândia (1), Osasco (1),  Pederneiras (1), Poá (1); Porto Feliz (1), Presidente Prudente (3); Presidente Venceslau (1), Rio Grande da Serra (1), Salto (1); Santa Lúcia (1), Santo André (1), São Bernardo do Campo (5), São José do Rio Preto (1), São José dos Campos (2), Sorocaba (1), Taquaritinga (2), Tarabai (1), e Tietê (1).
  • Já as nove confirmações da variante do Reino Unido no estado foram observadas na capital (5), Peruíbe (1), Jacareí (1), Guarulhos (1), e Bauru (1).
  • Quanto à variante sul-africana, dois casos foram observados em Sorocaba e um na cidade de Santos.

CoronaVac

Estudos têm demonstrado que a CoronaVac (Butantan/Sinovac), é eficaz contra a mutação D614G, que predomina atualmente no mundo e é comum às linhagens B.1.1.28 (da qual derivam as variantes P.1 (amazônica) e P.2 (surgida no Rio de Janeiro) e B.1.1.33 (da qual deriva a variante N9).

Um estudo preliminar feito em mais de 67 mil profissionais da saúde de Manaus que tiveram diagnóstico confirmado de covid-19 comprovou que a vacina tem 50% de eficiência contra a variante P.1, após 14 dias de aplicação da primeira dose.

(Com Agência Brasil)

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.