PATROCINADORES

Nova fase da Lava-Jato tenta prender executivos de cervejaria

A Polícia Federal deflagrou nesta quarta-feira (31) a 62ª fase da operação Lava-Jato, batizada de Rock City. A ação apura o pagamento de propinas travestidas de doações de campanha pelo Grupo Petrópolis, da cervejaria Itaipava. Além disso, a investigação aponta que a companhia teria ajudado a empreiteira Odebrecht a pagar valores ilícitos de forma oculta e dissimulada por meio da troca de reais no Brasil por dólares em contas no exterior. O dinheiro movimentado no esquema teria como origem desvios de contratos públicos, especialmente da Petrobras. Foram expedidos pela Justiça Federal de Curitiba (PR) um mandado de prisão preventiva contra Walter Faria, controlador do Grupo Petrópolis, e cinco mandados de prisão temporária contra executivos da companhia.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

vinte − 15 =

Pergunte para a

Mônica.