PATROCINADORES

Movimentos sociais foram cooptados pelo PT, diz Frei Betto

Em entrevista a MONEY REPORT, Frei Betto, ex-assessor de Lula, diz que o PT precisa se reinventar e que não concorda com a tese de que eleição sem a presença do ex-presidente seja um golpe.

Petistas dizem que “eleição sem Lula é fraude”. O senhor concorda?
Não. Estamos em uma democracia, no Estado de Direito, e não julgo ninguém insubstituível. Porém, considero fraude a condenação de Lula, sem provas convincentes.

Caso Lula não concorra nas eleições, acredita que o PT tem força para colocar a militância na rua?
A militância do PT está raquítica, sem grande força de mobilização popular. Quando ganha força é graças aos movimentos sociais como CUT e MST.

O deputado Jair Bolsonaro tem recebido apoio ao defender a família, a propriedade privada e p combate à violência. O PT pecou em não tocar nesses temas?
O PT há tempos está sem discurso preciso. Em seus documentos originários, enfatizava ser o partido da ética, da organização da classe trabalhadora e da transformação estrutural do Brasil. Nada disso ocorreu nos 13 anos de governo. Falta ao PT fazer autocrítica e se reinventar.

Por que não vemos mais manifestações nas ruas, como em2013?
Atribuo aos 13 anos de governo do PT, quando se perdeu a oportunidade de promover a alfabetização política da nação. Movimentos sociais importantes, como a CUT e a UNE, foram cooptados pelo governo, passaram a representar o governo junto às bases e não as bases junto ao governo.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

seis − 5 =

Pergunte para a

Mônica.