Document
PATROCINADORES

Mourão diz que “ventinho” pode derrubar Maduro na Venezuela

O vice-presidente Hamilton Mourão disse à agência Reuters que não é possível estimar um prazo para a saída do ditador Nicolás Maduro do poder na Venezuela. Na avaliação de Mourão, Maduro deverá cair de uma hora para outra. “É difícil você dar prazo numa situação como essa, porque é igual a um castelo de cartas. Às vezes dá um ventinho e ele cai da noite para o dia. Vamos lembrar do Muro de Berlim, que ninguém acreditou que caísse, como caiu da noite para o dia. Quando foi, foi. Acho que na Venezuela vai ser mais ou menos assim”, comentou. O vice afirmou que o governo brasileiro não pretende interferir demais na situação do país vizinho. “O envolvimento que a gente deve e podia ter já está colocado, que são as pressões diplomáticas, em termos de sanções econômicas nós temos muito pouca coisa para ser aplicada na Venezuela. O ponto lógico que poderíamos ir, já fomos”, acrescentou.

Por que é importante

Líderes estrangeiros pressionam o ditador Nicolás Maduro a deixar o poder depois de ter mergulhado a Venezuela em uma profunda crise econômica e social

Quem ganha

Juan Guiadó, reconhecido pelo Brasil como presidente legítimo do país

Quem perde

A população venezuelana, que sofre com a situação caótica provocada pelo regime de Maduro

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.