Document
PATROCINADORES

Moro diz que futuro ministro do STF deve defender agenda anticorrupção

O ex-juiz e ex-ministro Sergio Moro, que já foi favorito para assumir uma cadeira no STF, opinou nesta quinta-feira (1) sobre o perfil do escolhido para suceder Celso de Mello na Corte. Sem citar diretamente o desembargador Kassio Nunes, do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1), possível indicação do presidente Jair Bolsonaro, Moro destacou que o ideal para a vaga seria alguém “comprometido com a agenda anticorrupção”. “Se essa é uma demanda da sociedade, se esse foi um fator determinante em 2018, se essa é uma bandeira da agenda política, esses são detalhes que têm que ser muito bem analisados”, comentou o ex-ministro em evento virtual realizado pela Frente Ética contra a Corrupção para discutir a PEC que trata do fim do foro privilegiado.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.