PATROCINADORES

Moraes encerra inquérito sobre atos antidemocráticos e abre outro sobre organização criminosa digital

O ministro Alexandre de Moraes (imagem), do STF, atendeu ao pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR) e arquivou o inquérito instaurado para apurar os atos antidemocráticos – manifestações envolvendo bolsonaristas que pediam o fechamento do Congresso e da Corte. Moraes, no entanto, determinou a abertura de uma nova investigação sobre a existência de uma organização criminosa para a propagação de notícias falsas na internet nesta quinta-feira (1°). Segundo a CNN, a nova frente pretende chegar ao núcleo político do grupo e tem entre os alvos dois filhos do presidente Jair Bolsonaro: o senador Flávio Bolsonaro (Patriota-RJ) e o vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ). O ministro ainda autorizou avaliações específicas sobre caixa dois e uso irregular de servidores por parte das deputadas federais da base governista Paula Belmonte (Cidadania-DF) e Aline Sleutjes (PSL-PR).

Compartilhe

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Pergunte para a

Mônica.

©2017-2020 Money Report. Todos os direitos reservados. Money Report preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe.