Document
PATROCINADORES

Ministros do STF acreditam que mensagens podem anular decisões de Moro

A revelação de que o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, orientou as investigações da Operação Lava Jato enquanto juiz pode comprometer as decisões do ex-magistrado. Para integrantes do Supremo Tribunal Federal (STF), as mensagens publicadas pelo site The Intercept não devem ser usadas para incriminar Moro e os procuradores da Lava-Jato, uma vez que o vazamento teria ocorrido após um ataque de hackers. Porém, o teor do conteúdo divulgado pode anular decisões judiciais de Moro, como a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Primeiro ministro do STF a se manifestar publicamente, Marco Aurélio Mello disse que as mensagens colocam em dúvida a “equidistância” da Justiça. “Isso (a relação entre juiz e procurador) tem que ser tratado no processo, com ampla publicidade. De forma pública, com absoluta transparência”, afirmou o integrante da Corte. “Agora, as consequências, eu não sei. Temos que aguardar”.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Uma resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.