Document
PATROCINADORES

Força-tarefa da Lava Jato afirma ter sido vítima de hackers

A força-tarefa da Operação Lava Jato divulgou uma nota na noite deste domingo (9) após o site The Intercept publicar uma série de reportagens mostrando que Sergio Moro, atualmente ministro da Justiça e Segurança Pública, orientou as investigações enquanto juiz do caso. O Ministério Público Federal (MPF) não negou o conteúdo das mensagens publicadas pelo veículo, que mostram conversas entre Moro e o procurador Deltan Dallagnol, mas afirmou que o vazamento foi fruto de um ataque de hackers.

“A ação vil do hacker invadiu telefones e aplicativos de procuradores da Lava Jato usados para comunicação privada e no interesse do trabalho, tendo havido ainda a subtração de identidade de alguns de seus integrantes”, apontou o MPF. “Não se sabe exatamente ainda a extensão da invasão, mas se sabe que foram obtidas cópias de mensagens e arquivos trocados em relações privadas e de trabalho”.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Uma resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.