PATROCINADORES

Maioria suspeita da imparcialidade de Renan na CPI

O levantamento semanal entre os leitores de MONEY REPORT mostra que para 60%, o senador Renan Calheiros (MDB-AL), relator da CPI da Pandemia, pode deixa de fazer um trabalho isento nas investigações sobre a forma com o governo conduz o combate ao novo coronavírus. Por ser inimigo político declarado do presidente Jair Bolsonaro, aliado de Lula e pai de um governador que pode ser convocado a depor, sua lisura é considerada duvidosa e já foi contestada na Justiça sem sucesso.

A consulta foi realizada entre a sexta-feira (30/04) e a sexta-feira (07/05). Seu resultado não possui valor científico.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

2 respostas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.