Document
PATROCINADORES

Maia recua depois de dizer que Campos Neto não tem atitude de presidente de BC

No Twitter, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), criticou nesta quinta-feira (29) o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto. O motivo seria o vazamento de uma reunião particular entre os dois. Segundo o Valor Econômico, Campos Neto pediu a Maia uma trégua nas turbulências políticas e alertou para a saída de investidores do país. “A atitude do presidente do Banco Central de ter vazado para a imprensa uma conversa particular que tivemos ontem não está à altura de um presidente de Banco de um país sério”, escreveu o presidente da Câmara na rede social. Pouco tempo depois, sem apagar a mensagem anterior, Maia informou que havia conversado com Campos Neto e que a situação havia sido esclarecida. “Recebi há pouco ligação do presidente do BC afirmando que ele não divulgou à imprensa a nossa conversa. Diante da palavra do presidente, o vazamento certamente foi provocado por terceiros. Deixo aqui registrado a ligação e a confiança que tenho nele”, publicou. Essa é a segunda polêmica em que o parlamentar é envolvido nas últimas horas. O outro episódio trata de uma suposta ofensa feita pelo ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, que afirma ter tido sua conta no Twitter usada indevidamente.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.