Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
Scroll to top

Top

Nenhum comentário

Maia diz que governo precisa de 80 votos para votar Previdência

Maia diz que governo precisa de 80 votos para votar Previdência

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), anunciou que vai procurar governadores de estado para convencê-los a apoiar a reforma da Previdência. Maia admitiu que o governo precisa ainda de 70 a 80 votos para que a proposta seja colocada em votação com chances de ser aprovada. Ele disse acreditar na possibilidade de a pauta avançar, mas reconheceu a necessidade de recomposição da base do governo, reduzida em razão das votações das denúncias contra o presidente Michel Temer e pelo fato de 2018 ser um ano eleitoral.

Por que é importante
Em dezembro, ao constatar que ainda não tinha os 308 votos necessários para aprovação da proposta, o governo decidiu adiar para fevereiro a votação e o presidente da Câmara definiu cronograma que começa com a discussão da proposta em Plenário, a partir de 5 de fevereiro, e votação em primeiro turno em 19 de fevereiro
Quem ganha
O apoio - e pressão - dos governadores pode ser fundamental para o governo destravar a discussão da reforma da Previdência
Quem perde
Maia ressaltou a importância de engajar os governadores em torno da reforma. Ele lembrou que no ano passado cinco estados não pagaram o 13º salário do funcionalismo público

Envie seu comentário