PATROCINADORES

“Macron tem que retirar os insultos que fez”, diz Bolsonaro sobre ajuda

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) disse nesta terça-feira (27) que o governo pode reconsiderar a decisão de rejeitar a ajuda financeira do G7. O dinheiro (20 milhões de euros) foi anunciado pelo presidente da França, Emmanuel Macron, para o combate aos incêndios na Amazônia. Bolsonaro condicionou a mudança de posição a um pedido de desculpas do líder francês.

“Primeiramente, o seu Macron tem que retirar os insultos que fez a minha pessoa. Ele me chamou de mentiroso. E, depois, informaram, que a nossa soberania está em aberto na Amazônia. Para conversar ou aceitar qualquer coisa da França, que seja das melhores intenções possíveis, ele vai ter que retirar essas palavras e daí a gente pode conversar”, declarou.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezoito − 16 =

Pergunte para a

Mônica.