Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
Scroll to top

Top

Nenhum comentário

Lula pediu para OAS assumir obra deficitária na Bolívia

Lula pediu para OAS assumir obra deficitária na Bolívia

O mais novo vazamento da Operação Lava Jato aponta que a empreiteira OAS assumiu uma obra deficitária, na Bolívia, a pedido do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Mensagens obtidas pelo site The Intercept Brasil e publicadas pelo jornal Folha de S. Paulo, nesta segunda-feira (16), mostram detalhes da proposta de delação premiada do empreiteiro Léo Pinheiro, que teve o acordo de colaboração recentemente homologado pelo Supremo Tribunal Federal. 

Segundo os procuradores da Operação Lava Jato, o executivo disse que assumiu a obra de uma estrada no país ciente do prejuízo futuro. No entanto, Lula garantiu que o projeto seria financiado pelo BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) e prometeu contratos futuros à empresa para compensar o mau negócio. À época, o petista queria manter o bom relacionamento com o presidente boliviano Evo Morales.

Envie seu comentário

três × 1 =