PATROCINADORES

Lewandowski rejeita pedido de suspensão de Calheiros da CPI

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski (imagem), rejeitou nesta quinta-feira (28) um pedido liminar de senadores governistas contra o colega da oposição Renan Calheiros (MDB-AL). Eles tentam impedi-lo de assumir a relatoria da comissão parlamentar de inquérito (CPI) da Pandemia. O argumento contra Calheiros é que seu julgamento seria parcial por ser pai do governador alagoano, Renan Filho (MDB). A CPI deve ouvir governadores e gestores estaduais de saúde sobre o uso de verbas federais no enfretamento do coronavírus.

Lewandowski explicou que o pedido não apresentou elementos relevantes que justifiquem a suspensão da indicação. O ministro do Supremo afirmou que não caberia intervenção do Judiciário na definição dos componentes da mesa, já que esta é uma questão definida pelo regimento do Legislativo. Na semana anterior, o próprio senador Renan se declarou impedido previamente de analisar qualquer questão referente ao governo de Alagoas. Se isso ocorrer, deve ficar nas mãos de outro parlamentar.

Compartilhe

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Pergunte para a

Mônica.

©2017-2020 Money Report. Todos os direitos reservados. Money Report preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe.