Document
PATROCINADORES

Lava-Jato: Wassef é denunciado por peculato e lavagem de dinheiro

A força-tarefa da Operação Lava-Jato no Rio de Janeiro denunciou nesta sexta-feira (25) o advogado Frederick Wassef e mais quatro pessoas por peculato e lavagem de dinheiro. A imputação foi feita no âmbito da Operação E$quema S, um desdobramento da Lava-Jato que apura um suposto esquema de tráfico de influência envolvendo grandes escritórios de advocacia e também desvios de pelo menos R$ 150 milhões do Sistema S. Wassef já atuou como representante do presidente Jair Bolsonaro e do senador Flávio Bolsonaro até recentemente. Foi em uma propriedade dele, em Atibaia (SP), que o ex-assessor parlamentar Fabrício Queiroz – ligado a Flávio – foi preso em junho deste ano. A denúncia contra o advogado não tem qualquer relação com os casos em que ele trabalhou para a família Bolsonaro.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.