PATROCINADORES

Lava-Jato prende ex-senador em ação que mira propina a campanha de governador

A Polícia Federal deflagrou nesta quinta-feira (9) a Operação Fora do Caixa, um desdobramento da Operação Lava-Jato que apura o pagamento de R$ 1,5 milhão, via caixa dois, para a campanha do então candidato ao governo do Pará Helder Barbalho, nas eleições de 2014. O ex-senador Luiz Otávio Campos foi um dos presos na ação. De acordo com a PF, durante as investigações foram encontrados indícios de que pelo menos um dos repasses de propina ocorreu em um endereço ligado a parentes dele. A operação de hoje é baseada em depoimentos de colaboração premiada feitos por executivos da Odebrecht. Barbalho não é alvo da investigação.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.