PATROCINADORES

Justiça rejeita delação de Eike Batista

A Procuradoria Geral da República (PGR) rejeitou fazer acordo de delação premiada com o Eike Batista. O empresário buscou acordo, mas as provas das denúncias apresentadas por ele foram consideradas insuficientes.

Por que é importante

Eike foi preso em janeiro do ano passado na Operação Eficiência, acusado de lavar US$ 16,5 milhões em propinas ao ex-governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral Filho

Quem ganha

Cabral e Lula, alvos da delação de Eike

Quem perde

Eike, que hoje cumpre recolhimento domiciliar noturno

Compartilhe

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Pergunte para a

Mônica.

©2017-2020 Money Report. Todos os direitos reservados. Money Report preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe.