PATROCINADORES

Justiça do Rio rejeita pedido de Witzel para suspender processo de impeachment

O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC), sofreu uma derrota na Justiça do estado na tentativa de barrar o processo de impeachment instaurado pela Assembleia Legislativa (Alerj). O desembargador Elton Martinez Leme, do órgão especial do Tribunal de Justiça, rejeitou o pedido de Witzel para suspender o avanço dos trabalhos. Leme julgou improcedente o argumento do governador de que a Casa teria cometido ato “ilegal e violador de garantias fundamentais”. A defesa de Witzel cobrava a apresentação de provas contra ele e respeito aos critérios de proporcionalidade na formação da comissão que analisa o caso. Os advogados do governador pretendem recorrer da decisão. “Vamos estudar as medidas que tomaremos com o indeferimento da liminar. Respeitamos e acatamos a decisão judicial, mas continuaremos com a tese de que a Alerj não observou por integral o direito de defesa do governador”, disseram em nota.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dez + 6 =