Document
PATROCINADORES

Justiça barra Globo de exibir documentos de investigação que envolve Flávio Bolsonaro

A defesa do senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) conseguiu uma liminar na sexta-feira (5) impedindo a Rede Globo de divulgar qualquer documento ou peça da investigação do suposto esquema de “rachadinhas” que funcionaria no gabinete do parlamentar quando ele ocupava uma cadeira na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj). A decisão foi da juíza Cristina Serra Feijó, da 33ª Vara Cível do Tribunal de Justiça do Rio. O motivo para a proibição não foi explicado, já que o caso está sob sigilo. A Globo não se pronunciou sobre o fato. Já a Associação Nacional de Jornais (ANJ) criticou a liminar. “Qualquer tipo de censura é terminantemente vedada pela Constituição e, além de atentar contra a liberdade de imprensa, cerceia o direito da sociedade de ser livremente informada. Isso é ainda mais grave quando se tratam de informações de evidente interesse público. A ANJ espera que a decisão inconstitucional da juíza seja logo revogada pelo próprio Poder Judiciário”, diz a nota divulgada pelo jornal O Globo.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.