Document
PATROCINADORES

Juiz mantém Eduardo Cunha preso

O juiz federal Vallisney de Souza, da 10ª Vara de Brasília (DF), negou nesta quinta-feira (12) um pedido de liberdade do ex-deputado Eduardo Cunha (MDB-RJ). A decisão foi tomada no âmbito da Operação Patmos, em que Cunha é acusado de receber dinheiro do grupo J&F para permanecer em silêncio. O juiz apontou risco de cometimento de novos crimes para manter o político preso.

Por que é importante

Eduardo Cunha está preso desde outubro de 2016 por conta de crimes relacionados a desvios na Petrobras e na Caixa

Quem ganha

O Ministério Público Federal, autor da denúncia contra o político

Quem perde

Cunha, que seguirá na cadeia

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.