Pesquisar
PATROCINADORES
PATROCINADORES

Johnson & Johnson vai testar 7 mil brasileiros em novo estudo contra a covid

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou, nesta terça-feira (18), a farmacêutica Jansen-Cilag, braço da Johnson & Johnson, a realizar testes clínicos no Brasil para o desenvolvimento de sua vacina contra a covid-19. O estudo é global e prevê a inclusão de até 60 mil voluntários, sendo 7 mil deles brasileiros. Os testados serão recrutados nos estados de São Paulo, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, Paraná, Minas Gerais, Bahia e Rio Grande do Norte.

A Anvisa informou que os dados que embasaram a autorização incluíram estudos não-clínicos com a vacina e dados não-clínicos e clínicos acumulados de outras vacinas que se valeram da mesma modelagem.

Os estudos da Jansen-Cilag com a substância Ad26.COV2.S foram iniciados em julho, nos EUA e na Bélgica. Cada inscrito no teste receberá uma dose única da vacina ou de placebo, para fins de comparação e segurança. O recrutamento dos voluntários será feito pelos centros que conduzem as pesquisas locais.

Este é o quarto estudo de vacina contra o novo coronavírus autorizado pela Anvisa. Os demais são da AstraZeneca, em parceria com a Universidade de Oxford, do Reino Unido, da Sinovac, da China, em conjunto com o Instituto Butantan, da BioNTech, da Alemanha, e da Pfizer, dos EUA. O Brasil também é candidato aos testes da chinesa CanSino e da Sputnik V, criada no Instituto Gamaleya, na Rússia.

(com Agência Brasil)

Compartilhe

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.

[monica]
Pesquisar

©2017-2020 Money Report. Todos os direitos reservados. Money Report preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe.