Document
PATROCINADORES

Intervenção federal no Rio deve impactar na reforma da Previdência

O governo federal publicou nesta sexta-feira (16) um decreto de intervenção na segurança pública no Rio de Janeiro. O general Walter Souza Braga Netto, do Exército, foi nomeado como interventor, com responsabilidade sobre a polícia, os bombeiros e o setor de inteligência do Estado. A medida pode ter implicação direta na votação da Proposta de Emenda Constitucional (PEC) da reforma da Previdência, prevista para a próxima semana na Câmara. O artigo 60 da Carta Magna diz que a “Constituição não poderá ser emendada na vigência de intervenção federal, de estado de defesa ou de estado de sítio”.

Por que é importante

O presidente Temer decidiu pela intervenção federal em reunião na noite desta quinta-feira (15) com a presença de ministros e parlamentares. A medida para conter a violência no Rio teve anuência do governador do Estado, Luiz Fernando Pezão

Quem ganha

O encontro serviu ainda para Temer bater o martelo sobre a criação do Ministério da Segurança Pública, antiga reivindicação da chamada "bancada da bala"

Quem perde

A discussão sobre a reforma da Previdência agora é incerta

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.