Document
PATROCINADORES

Guaidó diz ter apoio dos militares para derrubar Maduro

O autoproclamado presidente da Venezuela, Juan Guaidó, afirmou nesta terça-feira (30) que tem o apoio dos militares venezuelanos contra o ditador Nicolás Maduro. Pelo Twitter, o líder da Assembleia Nacional disse que está reunido com as principais unidades das Forças Armadas para dar início à “Operação Liberdade”, que tem como objetivo derrubar o regime bolivariano. Guaidó fez o anúncio ao lado de outro líder oposicionista, Leopoldo López, que cumpria prisão domiciliar. A oposição venezuelana afirma que a eleição de Maduro no ano passado não foi legítima, resultado de um processo eleitoral cheio de vícios, que beneficiou os partidários do chavismo. Apesar de Maduro ainda não ter se manifestado, o ministro da Informação, Jorge Rodríguez, disse que o governo está enfrentando um pequeno grupo de “militares traidores”, que estão tentando promover um “golpe” no país.

Por que é importante

O apoio dos militares tem sustentado Maduro no poder. Sem as Forças Armadas, o governo deve cair

Quem ganha

Guaidó, que tenta tirar Maduro do poder desde o início do ano

Quem perde

Maduro, que já está isolado pela comunidade internacional

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Uma resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.