PATROCINADORES

Grupo de Lima responsabiliza Maduro por apagão na Venezuela

O Brasil e mais 10 países que integram o Grupo de Lima reiteraram no domingo (10) o apoio a Juan Guaidó, autodeclarado presidente da Venezuela, e defenderam a convocação de novas eleições no país. Em comunicado, o grupo ainda culpou o ditador Nicolás Maduro pelo colapso no sistema elétrico que provocou a falta de energia na Venezuela. A oposição afirma que o apagão resultou na morte de pelo menos 15 pessoas em hospitais e clínicas.

Por que é importante

O apagão na Venezuela é mais um capítulo triste na grave crise causada pelo ditador Nicolás Maduro

Quem ganha

Juan Guaidó, que conta com apoio dos demais líderes sul-americanos

Quem perde

A população venezuelana, que aguarda uma saída para a situação caótica no país

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.