PATROCINADORES

Governo muda portaria sobre trabalho escravo

O Diário Oficial da União desta sexta-feira traz uma surpresa: o governo voltou atrás e mudou a portaria que dificultava a libertação de pessoas que trabalham em condições análogas à de escravo. Agora, se tornam bem mais rigorosos os conceitos de jornada exaustiva e de condição degradante de trabalho. A portaria foi um dos últimos atos de Ronaldo Nogueira como ministro do Trabalho. Ele pediu demissão para se candidatar a deputado federal.

Por que é importante

A nova portaria garante direitos fundamentais e evita que o Brasil sofra sanções por não combater o trabalho escravo

Quem ganha

Os trabalhadores que exercem funções degradantes

Quem perde

O retrocesso e a bancada ruralista, idealizadora da antiga portaria

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três × quatro =

Pergunte para a

Mônica.