PATROCINADORES

Governo desiste de flexibilizar “regra de ouro”

Durante reunião com ministros e integrantes da equipe econômica nesta segunda-feira (8), o presidente Michel Temer disse que o governo não levará adiante a proposta de flexibilizar a “regra de ouro” do gasto público. A flexibilização permitiria ao governo se endividar para pagar gastos correntes, o que colocaria ainda mais pressão nos já combalidos cofres públicos – e minaria a confiança dos investidores no país.

 

Por que é importante

O déficit público elevado é um dos maiores entraves ao crescimento econômico

Quem ganha

A queda no endividamento público abre espaço para o aumento dos investimentos, para a queda dos juros e da inflação

Quem perde

Quem aposta na piora do quadro econômico

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

17 − 15 =

Pergunte para a

Mônica.