Document
PATROCINADORES

Bolsonaro tem aprovação de 57,5% dos brasileiros, diz CNT/MDA

Pesquisa CNT/MDA, divulgada nesta terça-feira (26), mostra que a avaliação do governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL) é positiva para 38,9% dos brasileiros, contra 19% de avaliação negativa. Para 29%, a avaliação é regular e 13,1% não souberam opinar. A aprovação do desempenho pessoal do presidente atinge 57,5% contra 28,2% de desaprovação, além de 14,3% que não souberam opinar.

Para 55,4% dos entrevistados, o governo Jair Bolsonaro está sendo melhor que o governo Michel Temer (MDB). Outros 24,3% consideram que está sendo igual e 8,7% avaliam que está pior. Na comparação com o governo de Dilma Rousseff, a gestão Bolsonaro é considerada melhor para 55,9%; 19,4% avaliam que está pior e 14,5% consideram que está sendo igual.

Segundo o levantamento, 39,2% confiam mais no presidente Bolsonaro do que no seu vice Hamilton Mourão. Já 27,5% disseram não confiar em nenhum dos dois e 16,3% confiam igualmente nos dois. Outros 6,6% dos entrevistados disseram que não conhecem o vice-presidente e 6% confiam mais nele do que em Bolsonaro.

Para 57,6%, o novo governo mudará para melhor a vida dos brasileiros; 27,5% acham que não mudará e 8,1% consideram que mudará para pior. Entre aqueles que consideram que a mudança será para melhor, 34,8% acreditam que isso ocorrerá em dois anos. Confira outros destaques da pesquisa:

Expectativa para os próximos 6 meses

Emprego: vai melhorar (51,3%), vai piorar (17,2%), vai ficar igual (28,7%)
Renda mensal: vai aumentar (33,8%), vai diminuir (9,6%), vai ficar igual (51,2%)
Saúde: vai melhorar (41,7%), vai piorar (19,2%), vai ficar igual (36,0%)
Educação: vai melhorar (47,2%), vai piorar (15,6%), vai ficar igual (34,8%)
Segurança pública: vai melhorar (53,3%), vai piorar (17,5%), vai ficar igual (26,3%)

Principais desafios do atual governo

Saúde: 42,3%
Segurança: 34,3%
Educação: 31,6%
Corrupção: 29,2%
Emprego: 23,7%
Economia: 14,3%
Combate à pobreza: 13,3%
Meio Ambiente: 1,5%
Saneamento: 1,0%
Energia: 0,9%
Transporte: 0,8%

Sobre aprovações e desaprovações gerais

Reestruturação dos ministérios e órgãos federais: 62,2% aprovam e 21,3% desaprovam
Salário mínimo em R$ 998,00: 29,5% aprovam e 66,9% desaprovam
Decreto que flexibiliza a posse de armas: 42,9% aprovam e 52,6% desaprovam
Reforma da Previdência: 43,4% aprovam e 45,6% desaprovam
Pacote anticrime: 62,0% aprovam e 18,8% desaprovam

A pesquisa CNT/MDA foi realizada de 21 a 23 de fevereiro. Foram ouvidas 2.002 pessoas, em 137 municípios de 25 estados, das cinco regiões do país. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais. Clique aqui para conferir a íntegra do levantamento.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.